Depois de vários adiamentos de última hora, o Assetto Corsa foi lançado nas consolas no passado mês de Agosto, abrindo assim ainda mais as portas dos simuladores de condução a um publico alvo de jogadores que não tinha muitas opções disponíveis na sua plataforma de eleição.

O que é ao certo o Assetto Corsa na PS4 e Xbox One ?

Para já, bastante “cru” se assim lhe poderemos chamar, uma física fenomenal com uma quantidade um pouco limitada de pistas e carros disponíveis , e nos carros temos muitos clones um pouco á imagem do Gran Turismo com os Skyline e etc, apresentação simplista com os novos menus redesenhados a pensar no público das consolas, uma série opções que não transitaram da versão Pc e tecnicamente precisa ainda de uma boa dose de polimento na framerate.

Voltando á física, está um degrau acima do seu maior concorrente em consolas neste momento, o Project Cars, isso nota-se de forma bastante evidente quando se conduz um carro de produção/estrada, a forma como o Force Feedback nos indica com precisão a aderência dos pneus ao asfalto, o trabalhar da suspensão…está sublime.

Esse é um dos defeitos que encontro no título Project Cars, tudo o que não seja carros de GT ou Formulas a experiencia de condução cai um pouco por terra, e também convem não esquecer os ajustes sistemáticos que são necessários fazer em vários carros. No Assetto Corsa é ligar o volante, simplesmente aumentar ou diminuir o Force Feedback, e estamos prontos para meter as mãos nas máquinas que a Kunos nos colocou no simulador.

Um pouco á imagem do Project Cars, o modo carreira ao estilo de Gran Turismo foi colocado de parte para algo mais simplista e ao mesmo tempo menos conseguido.

Temos disponíveis os Eventos Especiais e Carreira, para já pode ser apontado mais um defeito que é a I.A dos adversários. Neste momento está demasiado rápida em algumas provas e mesmo baixando o nível de dificuldade há ali uma desvantagem evidente para o jogador, parece ser algo fácil de ser corrigido com um update ao jogo. Ainda sobre o modo Carreira , é um misto de corridas com provas de time trial em que vocês vão progredindo de carros mais lentos para os mais rápidos, não há propriamente uma recompensa para o fazerem para lá dos trofeus da PSN/XBL. Nos eventos especiais podem escolher livremente as provas que vos são colocadas á disposição….e correr.

O Online não tem salas privadas e é uma situação que parece ser provisória se o que a Kunos veio a publico dizer se confirmar, resta saber é quando é que o update com as salas privadas é lançado. A falta de salas privadas é um fator com um peso enorme num simulador, das várias corridas que já fizemos a maioria tem tendência a ficar estragada logo nos primeiros metros de corrida devido ao comportamento dos pilotos, isto aliado a uma física de colisões que não perdoa, facilmente podem chegar a um ponto em que entrar no modo Online se pode tornar uma experiencia irritante e desmotivante.

Pistas,  muitas variantes das mesmas é sempre bem vindo mas o factor falta de diversidade acaba por imperar em pouco tempo, o numero de circuitos é reduzido…e que pena que é porque o detalhe das pistas está muito bom, ou não fossem todas elas laser scanned, nesse aspecto está melhor que  Project Cars, comparar por exemplo a versão de Nurburgring entre os dois simuladores é suficiente para comprovar o bom trabalho realizado pela Kunos neste departamento.

Notámos alguns problemas no som do jogo, nos menus por vezes ficamos só com som num dos lados das colunas, e em pista por vezes o som dos carros tem cortes, parece-nos ser quase sempre em situações em que estamos rodeados com vários carros.
Tirando esses problemas o som parece estar bastante fiel na reprodução dos carros e é sem dúvida um dos melhores neste campo.

Para quem jogar de comando e não tenha um volante, pode ficar descansado, está acessível nos carros testados, mas não podemos esquecer de que se trata de um simulador e nesse sentido um volante é quase obrigatório para se tirar partido da física de condução no Assetto Corsa.

Em conclusão, Assetto Corsa está destinado a quem quer uma verdadeira experiencia de condução, ou pelo menos a melhor em consolas, só o Dirt Rally da Codemasters consegue pisar alguns dos terrenos pisados pelo Assetto Corsa, a física de condução bastante convincente acaba por fazer esquecer na maior parte das vezes alguns dos problemas notados nesta versão de consolas, tecnicamente competente mas a precisar de alguns melhoramentos a nível de fluidez, a ausência de DLC´s já lançados na versão PC e muitas opções dessa versão que não transitaram para as consolas é para já um fator a ter bastante em conta pelos piores motivos.

De qualquer forma é um título quase obrigatório a todos aqueles que não podem jogar a versão PC, se gostas de simulação e tens uma consola, não procures mais, é o Assetto Corsa.

Recomendado!